sexta-feira, 20 de abril de 2012

Da pobreza de espírito

Eu sei que não me deveria deixar de afectar mas não consigo suportar a ideia de a mete-nojo da lojista copiona continuar nas suas investidas... agora criou uma página de facebook da sua loja - de bolsas e bugigangas - onde espetou com imensas fotos de caixas de música iguais às minhas, alguma que tem em loja mas a maioria fotos de catálogo... e anda a enviar convites de amizade para todos os seguidores da minha loja para a adicionarem...

Melhor dos melhores, TODOS os preços dela são de menos 10 ou 50 cêntimos que os meus... apesar de ela se ter ido queixar o meu fornecedor que eu estragava a concorrência por praticar preços demasiado baixos...

Que nervos, que gente baixa e reles... Não sabem trabalhar sem ser a copiar os outros... até as imagens da disney e de fadas que eu ponho na página da loja ela põe, e os mesmos nomes nas peças... enfim! :-/

10 comentários:

Petra disse...

Que nojo, que gente ordinária, ela que faça lá o negócio dela e te deixe em paz!

Conto de Fadas disse...

Eu sei que não deveria aborrecer-me mas aborreço... ;/

Bernardo disse...

Sigo :)



Sábado - Feira # 03 - disponível
http://apontamento-bernardo.blogspot.pt/2012/04/sabado-feira-03.html

L* disse...

Ai que eu só vi isto hoje! A mulher é mesmo louca :s

Conto de Fadas disse...

Nem tu imaginas quanto... ;)

GATA disse...

A minha opinião é que as redes sociais servem para mostrar o pior das pessoas... E, como sempre disse e direi, a inveja é o desporto nacional de Portugal.

Eu sei que é difícil mas ignora! FORÇA!

Pics disse...

O negócio da senhora anda mesmo ameaçado com o teu sucesso!
O melhor conselho é: deixa passar ao lado. Mas acredito que não seja fácil... Um dia a mulher vai cansar-se de não ser original.

Caixa disse...

Pics, deve ter medo que a miúda de 23 anos lhe roube negócio às suas 3 lojas... triste!

Seni* disse...

Gentinha da pior espécie. . .Têm de descobrir um antídoto digno de conto de fadas pra a afugentar! :)

Conto de Fadas disse...

Seni* Ah eu afugento-a... com um sorriso!