segunda-feira, 23 de fevereiro de 2015

A Gravidez - últimos dias

Quando engravidei nunca achei que fosse levar a gravidez até às 40 semanas devido ao ritmo de vida que levo (continuo a trabalhar 6 dias por semana às 38 semanas e picos). A semana passada tive consulta, estivemos a ver os movimentos do bebé e o médico disse que ele ainda ia demorar, aparentemente. Ontem a minha barriga descaiu imenso, portanto parece que afinal não vai demorar assim tanto.

Nesta fase temos tudo preparado lá em casa: está tudo comprado, as malas estão prontas há semanas, andamos todos os dias a arrumar a casa e não deixo, por exemplo, acumular roupa para passar a ferro. A cama de grades dele ainda não está montada, a minha família diz que dá azar! Não vá o diabo tecê-las, lá está ela encostada até ao dia em que o bebé nasça!

Após o parto, o Caixote tem várias missões: ir ao sótão buscar um tapete enorme que temos para colocar no sótão debaixo da cama de grades (e que actualmente não uso porque o meu gato Rocky, ceguinho, tem paixão por fazer xixi em tapetes), montar a cama de grades, fazer a caminha e pendurar os 353 penduricalhos que temos para a cama, ir buscar a banheira do bebé + tripé e colocar no WC, ir buscar a babycock e pôr-lhe a mantinha que a minha mãe andou a fazer em lãzinha... Já estou a imaginar o Caixote cheio de nervos em casa a tratar de tudo!

No início do mês vou despachar várias coisas porque nunca se sabe quando ele nasce: o Caixote faz anos dia 25 e já vou comprar a prenda, já vou escolher um mimo do Miguel para o Dia do Pai, comprar aquelas coisas que nunca podem faltar em casa (areia de gatos, comida dos animais, alguns enlatados), comprar coisas para a festa de anos do Caixote (vinhos, sumos, salgadinhos para fritar para entradas)... não sei como vai correr o parto e qual será a minha disponibilidade depois, por isso mais vale despachar estas coisas antes.

Falta-me apenas comprar uma mesa daquelas que se colocam ao lado da cama encaixadas para poder continuar a trabalhar online, sou uma stressada e quero tudo à minha maneira, essa parte vou continuar eu a fazer embora vá ter uma funcionária na minha loja.

De resto, ando a tratar de mim: no sábado fui pintar o cabelo e lá terá de se aguentar até Abril; esta semana fui fazer o meu gelinho, mas já transparente por causa do parto; fui fazer a depilação, etc. Estas pequenas coisas são essenciais para continuar a sentir-me bem, apesar dos quilos todos que tenho em cima. Depois do bebé nascer quero, quando puder, tirar umas horas a um sábado para fazer todas estas coisinhas!

E assim vamos: óptima, sem dores e cansaço nada de especial, apenas com noites horrorosas porque o Miguel tem um pé encaixado contra o meu pulmão esquerdo e não queiram saber as dores que isso me provoca quando me deito... um horror!

4 comentários:

Li disse...

Que continue a correr tudo bem :) E quando a hora chegar, que seja bem pequena :) será sem dúvida o melhor momento da tua vida ;) Aproveita tudo ao máximo, mesmo as partes mais difíceis ;)
Beijinhos!

Conto de Fadas disse...

Li, obrigada pela simpatia! :)

ML disse...

Que bom que tudo corre bem. E vais ver que o Miguel te vai dar uma hora pequenina e muito muito feliz.

Por cá, quem me dera estar nas 38 semanas... depois do susto que apanhei a semana passada ando cheia de medo. Mas com muita fé que vou conseguir chegar pelo menos às 37!

Beijinhos e tudo de bom!

Conto de Fadas disse...

ML, vais ver que chegas de certeza... calma agora. :) Beijinhos.