segunda-feira, 19 de março de 2012

Da Inveja

"Inveja-se a riqueza, mas não o trabalho com que ela se granjeia".

A saga da lojista anormal continua. Eu nunca pensei que houvesse de facto gente assim, mas há! Não sei como um negócio com menos de 6 meses pode concorrer com um negócio - que nem é do mesmo material - com mais de 15 anos. Então a tal lojista vende bijuterias e afins, agora que eu abri a minha loja e a coisa está a ganhar muito fôlego, ela comprou imensas caixas de música iguais às minhas. Se já é censurável que se copiem os outros, é mesmo ridículo que se tente prejudicá-los.
Hoje o meu agente para fornecedor ligou-me e disse-me que a lojista foi a uma feira para empresários no mês passado falar mal de mim ao fornecedor principal que tenho. O meu agente, que é o agente da marca no Norte, nem a conhece. Diz que ela comprou meia dúzia de peças há marca há mais de 5 anos e sempre foi má compradora, comprando duas ou três peças de ano a ano, porque não as vende. Como eu criei uma loja de caixas de música que tem sucesso, resolveu encher a montra e a loja com peças TODAS iguais às minhas, e colocou os mesmos preços.

Segundo ele, a senhora foi dizer na Feira, aos berros, que não quer que me vendam mais peças senão deixa de lhes comprar. E ele respondeu-lhe que eu sou boa compradora e boa pagadora, nunca o faria! Disse ela ainda que eu estou sempre enfiada na loja dela a tratá-la mal (WTF???) e a copiar os preços dela. No entanto, disse também que eu estrago os negócios porque pratico preços muito baixos e que é impossível competir assim (what a shame...), apesar de ela ter posto os preços todos iguais aos meus. Disse ainda que a minha loja é ridícula, tem mau aspecto e que não tem categoria para vender aqueles materiais, por isso eles não me deviam vender.Ora bem, eu tenho muita gente que me diz que tenho a loja mais bonita de Viana. E agora que vou mudar de loja será ainda muito mais bonita. Mas a inveja é uma coisa lixada, não é?

Isto é tão triste e tão perturbador que nem sei que diga... abri um negócio exclusivo em Viana, e vem logo uma anormal copiar e tentar difamar-me. Eu imagino o que ela dirá aos clientes dela sobre mim... se eu já trabalhei numa loja no Porto e roubei as listas de clientes e de fornecedores e nem sabia (o meu agente até se riu, porque está nessa loja todas as semanas e diz que nunca me viu lá), o que pode vir depois disto só pode ser pior...


18 comentários:

Quel* disse...

Quem é original corre sempre o risco de ser invejado. Lembraste-te de algo que ainda ninguém se tinha lembrado em Viana e tiveste sucesso com isso, é normal que haja quem te queira tramar. No entanto, é só meteres isso para trás das costas e continuares com o teu negócio. A seu tempo a senhora há-de apanhar juízo (digo eu)

Caixa disse...

Quel* Não apanha porque a mulher é mesmo louca, a quantidade de invenções que aquela cabeça criou são demais! Eu só tenho medo que aquela conversa se espalhe e ela consiga o objectivo... não entre os comerciantes, porque entre esses ela já é famosa por estas brincadeiras, mas entre os clientes é uma situação muito desagradável. Espero que lhe passe rápido!

ButterFly disse...

É um mal comum nesta sociedade não só a nível de negócio mas até a nível pessoal. (falo por mim que tinha uma barata tonta a imitar tudo o que eu comprava e vestia)...Continua assim e verás que o teu sucesso não vai cair. Assim que for por esses lados eu faço questão de ir à tua loja. Adoro cada peça que vendes. Quanto à dita senhora ignora...Gente assim não merece nem um minuto de tempo perdido

Conto de Fadas disse...

Obrigada Butterfly, graças a deus tenho clientela muito fiel já, e que sabem com quem estão a lidar... e a croma em questão há-de cansar-se da palhaçada!

teardrop disse...

Sigo a teoria de que só nos conseguem fazer mal se nós deixarmos! E tu não vais deixar que uma pessoa tão baixa te atinja. Força e cabeça sempre erguida... para tal pessoa: desprezo!
Beijinhos

Nessy disse...

Dava-me especial gozo ir como cliente a loja dessa senhora e pô-la no lugar dela, já que a ti te fica mal fazê-lo. Aliás acho ridiculo e percebo os teus receios pq a verdade é que se a senhora diz isso aos 7 ventos e tu n apregoas o teu lado da história pq achas demasiado parvo teres de contar tal coisa (tal como eu acharia) pode prejudicar-te sim no sentido em que as pessoas criam aversão a ti sem saberem a realidade. Honestamente acho que só mesmo os "teus " clientes fieís a podem colocar no sítio pq se tu o fizeres acabas por mostrar que te sentes afectada o que lhe dá mais motivos para continuar a ser parva. Adorava mesmo ir à loja da senhora e dizer-lhe que conheci a tua loja (que ainda nem conheci mas ainda ontem estive em viana mas resisti à tentação de gastar mais dinheiro) e sem dúvida a dela (q tb n conheço) é uma imitação rasca e a senhora deveria era ter vergonha na cara por ser assim.

Caixa disse...

Nessy Os meus clientes mais adorados - há clientes por quem tenho enorme estima, porque não são só clientes mas pessoas adoráveis - já estão a par disto e só se riram do disparate. Aliás, foi um deles que me enviou um email a alertar-me da palhaçada...

Eu nunca mais entro na loja daquela mulher, não vá ela dizer que estou a roubar coisas ou a copiar as 20 pecinhas dela comparadas com as minhas centenas... mas sim, sei bem que um dia destes há-de ser posta no lugar por um deles. No entretanto, provavelmente o que foi dizer aos fornecedores é o que vai dizer aos clientes, mas que lhe posso eu fazer? Nada, pois...

Há gente tão triste... tentar prejudicar um negócio de meses quando já tem um há anos e anos!

E desprezo mesmo, porque a minha família era cliente e garantidamente mais ninguém lá entra. Com a lata que ela tem, ainda é capaz de dizer algo a algum deles, mas acho que nesse momento leva um soco. Família da Caixa é família muuuuito unida.

Cláudia disse...

O melhor mesmo é evitar dar-lhe trela e fazer-lhe qualquer comentário. Se ela deixar de ter feedback, vai acabar por se cansar. É provável que possas perder algumas vendas à custa disto, mas a concorrência (desleal) tem dessas coisas.

Conto de Fadas disse...

Eu bloqueei-lhe o acesso no facebook e espero que isto acabe por aqui... mesmo! Nestas palhaçadas quem perde são sempre os mais fracos - no caso eu,«.

Petra disse...

que nojo.... fizeste bem bloquea-la.
Mas uma coisa te digo, se nos invejam é porque fazemos algo de original e certo.
Ignora, deve ser uma frustradeca.

Sílvia disse...

Que nojeira! Como se costuma dizer a sorte protege os audazes, por isso mantém a tua postura que a vida encarrega-se de meter essa gentalha no seu lugar. Força :)

Conto de Fadas disse...

É mesmo nojento, gente má.

Márcia disse...

O que fazes é bem certo.Evita o contato e o convívio.Pessoas assim são o que mais há neste mundo.A ti cabe ignorá-la. Pensa que tudo o que desejamos aos outros retorna, no caso desta "senhora" o mal que te deseja retornará em dobro a ela.Ora, tu és melhor!!Bjs

Rita disse...

Há gente tão má que chega a ser assustador :)

Conto de Fadas disse...

Podes crer Rita.

Devaneios.de.mestra disse...

Ó pá, merecia apanhar na cara... Eu sei que não se resolvem as coisas assim, mas caramba, ninguém pode ter sucesso na vida?? Vá, continua com força que ela há-de ter a paga que merece. Bjoka

Conto de Fadas disse...

Devaneios Acredita que tive de controlar o meu Caixote para não ir lá. Mas eu disse "Não, eu sou uma senhora, não desço àquele nível!" e arrumei o assunto.

L* disse...

Olha, nem sei que te diga...a mulher deve ser mesmo louca :|