quinta-feira, 27 de setembro de 2012

I've been a naughty girl...



Hoje foi dia de passear. Só saímos de Viana pelas 11h30 porque eu, invariavelmente, tive de passar na loja para tratar de umas encomendas e reservas e tal e coiso, perdi lá mais de uma hora... Seguimos até à Póvoa, comemos uma francesinha das melhores que já comi (em Amorim, Manjar das Francesinhas) e depois fomos à fábrica da Ach. Brito.
Como eu adoro esses pormenores, nas minhas encomendas de Natal vou oferecer um sabonetinho a cada cliente. :) Acho um miminho bonito e útil, por isso pareceu-me uma óptima opção! Desta vez vieram 100, mas não tarda muito e já estou a comprar mais, assim espero!

Mas adiante... Além de ter comido uma grande francesinha apesar de estar em dieta, seguimos até à Santa Catarina no Porto. Contabilizam-se várias desgraças: um vestido fabuloso na Promod, um colete maravilhoso na Promod, uns collants já de Inverno a combinar com o vestido na Calzedonia e uma camisola linda da C&A. Para o Caixote, foi só um par de calças porque ele é um ser estranho e bizarro e não quis mais nada.

Basicamente, o meu pensamento foi: se não posso ir a lado nenhum porque não tenho tempo nem grande dinheiro, vou passear ao Porto e vou comprar aquelas coisas que quero e nunca compro. Como estava mais descontraída a nível de dinheiro do que o habitual - porque já estava pensar gastar esse dinheiro nuns dias de férias e já... -, acabei por comprar peças de roupa que normalmente não compraria. O vestido é lindo de morte, muito feminino e cheio de pormenores em cabedal e brilhantes e eu nunca compro disso, compro sempre coisas mais básicas. O colete é uma maravilha, super detalhado e mesmo lindo, e eu também nunca compraria porque acabo por pensar que é pouco prático (mas tenho a certeza que vai correr muito km...). As meias são às bolinhas e normalmente só compro coisas lisas. Basicamente, tenho a mania de ser - passe a redundância - básica, e hoje fui muito festiva nas escolhas.

Trouxe ainda, já à vinda, três velas de Natal e pratinho de estrelinha de Natal: uma pra mim, uma prá mana e outra pá mãe. As duas mais especiais do mundo. E uma vela do Gato Preto para a loja, que a loja é a menina dos meus olhos. E um candeeiro para o quarto que os meus gatos tinham partido um dos nossos. E acho que foi só.

9 comentários:

teardrop disse...

:) Foi bom teres tirado um dia para ti e ires espairecer. A ideia dos sabonetinhos é excelente, um miminho muito delicado e bonito!
Beijinhos

Carla disse...

Que dia maravilhoso! Apreciei bastante a tua descrição, e até parece que fui eu...só de ler este post até já fiquei mais satisfeitinha (até fechar o blog e perceber que não saí daqui e não comprei nada, hehehe!)!
Pois eu também precisava de um dia assim...sem minis!!! Mas não sou capaz de sair sem elas, rsrsrs!

Conto de Fadas disse...

Carla, mas precisas! Precisas mesmo, deixa-as com a família e vão os dois passear, senão qualquer dia cais pró lado...

Teardrop, foi um dia que soube pela vida. :)

EscritaDela disse...

E olha que foi um dia muito bom :) não há nada como passear e ainda poder comprar umas coisinhas lindas. Muito bom, ainda bem que te divertiste e descansaste um bocadinho!

Conto de Fadas disse...

:))) Obrigada EscritaDela!

Saltos Altos Vermelhos disse...

Tens de mostrar ;)

Conto de Fadas disse...

Tenho sim senhor, a ver se esta semana faço isso! :)

Maria Joao Ferreira disse...

Ó mulher, já é a segunda pessoa que vai à dita fábrica e não me traz um sabonetinho. Magoei! Mas vá, a joaninha precisa de uns mimos para o Natal :)

Conto de Fadas disse...

Maria, passa cá que eu dou-te um ou dois, mas só tenho de leite de burra! lol