segunda-feira, 9 de setembro de 2013

Tem dias em que isto de ter um negócio próprio é lindo, adoro o que faço, adoro a minha loja, adoro o que vendo, tenho clientes maravilhosos... Mas depois tem dias, como o de hoje, em que só me apetece chorar de desespero por ver que tenho uma anormalidade de IVA para pagar amanhã (e o dinheiro?), seguro do carro, seguro da loja, seguro do trabalhador, conta da transportadora, mais facturas até dia 15... e o dinheiro não cai das árvores, o Agosto que devia ter sido fabuloso foi uma bosta.

Estou exausta.

10 comentários:

ádescávir disse...

Calma, pensa nos dias em que o negócio é bom. Vai tudo correr bem :D

EscritaDela disse...

Dizer que faz parte do negócio não chega para acalmar nessas alturas, mas é preciso teres esperança que tudo se vai resolver pelo melhor e que mais esta etapa será ultrapassada :) força!

Maria disse...

Força...sabes que há dias melhores que outros e tu és uma lutadora!
Beijinhos
Maria

Cláudia disse...

Tem calma, não é uma coisa que dê para contornar mas é algo que tu consegues prever e estar preparada com antecedência e que podes prevenir fazendo uma reserva especifica para esse efeito (nomeadamente retirando do caixa o valor diário do iva e 'guardá-lo' sem nunca contar com ele para outro tipo de pagamentos), eu pelo menos só consigo trabalhar assim.

Falando por mim e pelo meu trabalho, começo a contabilizar todas as vendas, compras e despesas logo no inicio de cada mês para conseguir prever com antecedência os valores que vou ter que arranjar e priorizar os meus pagamentos, por exemplo, em Outubro vão ser quase €5000! :/

Tenta negociar prazos com fornecedores, por norma eles tendem a ser flexiveis com quem costuma pagar atempadamente. Acontece em todas em empresas, não stresses nem comeces a pensar que és só tu que corres o risco de não cumprir que ainda é pior.

Caixa disse...

Obrigada meninas. :)

Cláudia, essa é uma boa táctica mas que não funciona numa micro-empresa como a minha porque todos os dias vou fazendo o dinheiro para pagar dali a uns dias... se estiver sempre a tirar o IVA, nunca tenho o dinheiro. Hoje estou a fazer umas promoções na net e em loja está a correr bem, portanto o IVA amanhã já fica pago mas a verdade é que quando já temos IVA acima dos 4 dígitos mensalmente, e a empresa não tem fundo de maneio de capital, fica muito complicado. Mas enfim, vai-se levando e vai-se pagando tudo e vivendo... quanto a prazos com fornecedores, infelizmente trabalho com alemães que nem 1 dia a mais te dão; e o pagamento adiantado é algo utópico no meu negócio.

Vou tentar começar a organizar-me de outra forma mas devo dizer que investi vários milhares em material para Agosto, contando com um mês bom, e facturei menos do que em Junho ou Julho. Isso é que deu cabo do esquema! :-/

Cláudia disse...

Uma bela merda, resumindo.

Aqui na empresa, felizmente, mesmo nos chamados pagamentos a pronto para conseguir o desconto acabo sempre por ter uma margem de manobra nos prazos porque os fornecedores já nos conhecem muito bem e temos fama de bons pagadores! :)E esses quatro dígitos são pão nosso de cada dia cá por estes lados e nem sequer se deixam ficar pelo inicio da filinha do 0/9, vao logo lá pró meio, os desgraçados, portanto há malabarismos todos os meses.

wish U luck!

Caixa disse...

Cláudia, apesar de tudo com certeza estamos a falar de negócios de dimensão muito diferente porque na minha empresa sou só eu, ou seja, a minha empresa sou só e mais nada, sem funcionários, nem me poderia dar a esse "luxo"... mas vá, é como dizes, como malabarismos a coisa lá se vai fazendo.

Mas lá que é complicado... é! :D Muchas gracias!

Rita Cardoso disse...

Numa microempresa como a tua é sempre possivel organizares as coisas de modo a teres esse dinheiro disponivel para pagar o IVA. Um conselho: dê por onde der NUNCA mas NUNCA te atrases nem um dia a pagar o IVA... as multas são astronómicas e não perdoam... Eu costumo dizer que dinheiro do IVA não é nosso. Não é para contar com ele de maneira nenhuma. E ter IVA para pagar é bom. É sinal que vendemos. No teu negocio tens a vantagem de ter custos tb, que faz com que tenhas IVA para deduzir, coisa que em empresas de prestaçao de serviços é dificil. O meu conselho: fala com quem te faz a contabilidade para veres se te podem ajudar na organizaçao dos fornecedores e se arranjam uma forma de colocares esse valor de parte. Pessoalmente tb te posso ajudar. Estou a criar uma área de negocio nova na empresa do meu marido que vai ajudar precisamente microempresas como a tua. Apesar de estar em Lisboa podemos sempre trabalhar via email. Sem compromissos e ainda numa fase embrionária dá uma vista de olhos ao site: http://majortwinsbs.weebly.com/index.html

Beijos

Rita Cardoso

Caixa disse...

Rita, vou espreitar e vou ter essa conversa com a contabilista. Eu pago IVA mensalmente e a verdade é essa... se o estou a pagar é porque vendi mas é tanto dinheiro e uma pessoa põe-se a pensar "o pessoal que não declara nada, ai final de um ano tem uma entrada para um apartamento ou meio carro pago com o que eu pago, e carro dos bons!". Mas enfim, são ossos do ofício...

Vou ver o site obrigada. **

Saltos Altos Vermelhos disse...

:( compreendo-te! mas força aí! Tu gostas do que fazes :)