segunda-feira, 11 de julho de 2011

Das ideias


Eu e o Caixote somos muito empreendedores. Hoje de tarde, depois de irmos lanchar com a minha mãe (porque o tempo está uma merda e não fomos ao Soajo), tivemos uma nova ideia de negócio e eu estou entusiasmadíssima! Além de implicar um investimento pequeno, tenho a certeza que é o género de loja que funcionará em Viana pois não há nada do género aqui, e há poucas em Portugal. O problema é que o material de que vamos precisar é difícil de encontrar, já procurei nalguns sites mas quem vende aquilo é só a Alemanha, América, China... enfim, esperemos que haja representantes cá para tornar tudo mais fácil! Já contactei algumas pessoas via email (e exercitei o meu inglês, bastante enferrujado) e espero ansiosa as respostas.

Ai era tãaaaao bom! Depois conto-vos tudi tudi tudi...

9 comentários:

teardrop disse...

Fico bastante feliz por teres tido "a" ideia! Eu e o meu querido andamos há uns tempos a tentar encontrar uma ideia que nos permitisse ter um rendimento extra e nada...
Ficarei à espera para saber pormenores mas desde já desejo que tenhas muito sucesso!
Beijinhos

Dark angel disse...

Ainda hoje estive a falar com uma colega sobre abrir um negócio porque temos uma ajuda a fundo perdido que é ouro sobre azul e está prestes a ir pelo cano. Espero ao menos que a tua ideia dê certo, por várias razões, porque o Norte precisa de empreendedorismo e de mostrar que tem gente lutadora e de valor, e mais importante de tudo, que te ajude nas finanças :)
Depois conta, que eu dou um saltinho a Viana e faço a minha parte a comprar-te coisas :)
Beijo*

Ana disse...

Ai muito obrigada meninas, mesmo! É essencial sentir apoio nestas alturas, já chega de gente sempre a deitar abaixo.

Manuela disse...

Querida Ana, desejo-vos muito sucesso para o vosso projecto! E já agora atenção ás ajudas a fundo perdido, de que fala Dark Angel ;)

Dark angel disse...

Pois, é uma das razões de estarmos tão mal. Se já estamos mal ainda nos põem pior. Olha o Moody´s. Nojo. Temos que recuperar a nossa auto-confiança. Aposta em ti e estás a apostar no teu país. Força. Beijos***

Fresco e Fofo disse...

Queres uma boa ideia de negócio?
Abrir um lar/creche.
Fora de brincadeiras (até porque a ideia há muito que circula em certos sectores da sociedade), quem conseguisse uma coisa destas, além de poder vir a ter um negócio com futuro, prestaria um óptimo serviço em termos sociais.
Velhos é o que não falta por aí e a falta de creches é um problema reconhecido de Norte a Sul.
A ideia passa por aproveitar a experiência de pessoas reformadas mas ainda com capacidade para o desempenho de tarefas que, afinal, são as que muitos deles desempenham em casa: tomar conta de crianças (dos netos).
Com isto resolviam-se três problemas: o das famílias com filhos; o das famílias com idosos; o de pessoas desempregadas ou à procura de um ramo negócio.
Pensa nisso e eu candidato-me já a um lugar. É mesmo para o que eu tenho vocação, é limpar cu a meninos. eheheh

P.S. Obrigadinho pela ideia de fazer tudo pela net, mas eu já faço isso. Tens é que admitir que em relação às contas das autarquias, como os SMAS, é díficil pôr aquela gente a trabalhar ao ritmo do século XXI.
Só para teres uma ideia, ainda nem há um mês mudei para a Zon Netcabo e bastou-me ir ao site, pedir factura electrónica e tirar os dados indispensáveis ao pagamento por débito directo. Tudo sem sair de casa.
A autarquia onde hoje fui pagar a água nem sequer tem factura electrónica e para mudar o modo de pagamento, tive de ir "LÁ" e lá significa uma deslocação de 70Km e para que me dessem os dados, tive de enfrentar uma série de burocracias e filas de espera.
Porra, eu compro certificados de aforro pela net, sem ter de me deslocar mais longe do que a distância do 2º andar à caixa do correio...
Já escrevi um testamento eheheh.

L* disse...

Oh Ana, deixaste-me curiosa :)
Espero que tudo corra bem ;)
**

Cláudia disse...

e páh, se isso for realmente em grande e precisarem de uma sócia de baixos capitais é mandar mail! ;)

p.s. i mean it!!!

Ana disse...

Fofo, escreveste um testamento e fizeste muito bem, gosto de te ler, e a ideia é brilhante!

Cláudia, já ando a contactar umas pessoas, espero que tudo corra como estou à espera. :)

L*, eu depois conto tudo!!!