sábado, 4 de maio de 2013

... e depois há notícias destas em que uma merda de homens resolve assaltar as bilheteiras do Queimódromo do Porto, onde fiz a festa enquanto andei na faculdade, e um jovem do grupo de responsáveis pela venda de bilhetes resiste e matam-no. Quando leio isto, perco toda a fé na bondade das pessoas, é mau depois, é cruel demais. Uma festa de estudantes, para estudantes, uma semana que se quer de pura alegria fica assim manchada de sangue, no primeiro dia, e irreversivelmente.

Nem quero imaginar como estará a família deste rapaz. Eu fiquei chocada e não o conheço, mas fiquei mesmo. Onde é que esta gente vai parar? A propósito de quê se faz isto? De uns trocos? Uns milhares de euros e mata-se um rapaz?

6 comentários:

S.J disse...

Também fiquei chocada. Ainda mais por ter sido o local onde festejei a minha vida académica, a entrada, o intermédio e as saídas.

Sílvia disse...

Uns milhares de euros que nem sequer levaram porque fugiram sem nada. Anda tudo louco, atira-se a matar assim do nada?

teardrop disse...

É um acto sem qualquer tipo de desculpa...

Conto de Fadas disse...

As pessoas estão loucas. Estamos em tempos de crise mas NUNCA se faz esta merda por dinheiro. Mata-se uma pessoa e destrói-se a vida de quem o ama.

Petra disse...

Já o disse, que se faça justiça a sério, e estes crimes começam a diminuir. Muitos até fazem porcaria para ir para a cadeia.

Claudia Martins disse...

também reagi assim... .:( nem sei o que dizer é triste, muito triste!