segunda-feira, 9 de julho de 2012

Do descanso


Chegamos agora a casa, depois de um longo dia de trabalho... hoje foi dia de receber mercadoria nova na loja, o trabalho foi muito, o tempo foi pouco, as arrumações não pararam. Quando os dias correm assim, chego a casa e só quero sentar-me, comer uma malga (vocês também dizem malga?) de cereais, passar uma ducha e ficar na cama a ver televisão.

Vai ser precisamente isso que vou fazer, mas claro que já recolhi roupa, pendurei roupa, pus roupa a lavar, tratei dos animais. Não estou com paciência para cozinhar, para arrumar, para secar e esticar o cabelo... nada de nada. Hoje vai ser só descanso.

11 comentários:

Cláudia disse...

eu digo taça.
:)

Conto de Fadas disse...

E pucara, dizes pucara?

Devaneios.de.mestra disse...

ahaha, eu digo malga ;) Somos do Norte carago ;) Bom descanso.

Conto de Fadas disse...

Somos mesmo, e com muito orgulho! Boa noite. ***

Cláudia disse...

nops...
qu'é isso?

Carla disse...

A minha avó diz, mas com uma pequena caraterística: "maurga", ahahah!!!

Conto de Fadas disse...

Maurga a minha avó também diz! :))) Pucara é uma malga!

Hermione disse...

eu digo taça ;p e duche ;p

*C*inderela disse...

eu digo taça, nem conhecia a palavra malga :P

Bjokas

Petra disse...

MALGA sim!!! euuu digo! malga de caldo, malga de leite malga de sopas! yeha!

GATA disse...

Nop, eu digo tigela! :-)