quinta-feira, 17 de janeiro de 2013

Dos empregos

Ontem conversava com um casal amigo que, antigamente, uma pessoa tinha aquela ideia realista de que "se uma pessoa se esforçar arranja um trabalho, tem é de se empenhar mesmo". Hoje em dia essa ideia já não é realista e, quase 8 meses depois, o Caixote continua sem nada para trabalhar e sem qualquer luz à vista. É mesmo complicado isto agora... 
O que vale é que a minha loja lá vai aguentando o barco, menos mal!

8 comentários:

Lolita disse...

Isso é mesmo verdade. Eu ainda quero acreditar como estudante que isso realmente ainda acontece, no entanto pelas pessoas que me são próximas percebo que essa não é bem a realidade em que vivemos. No entanto nunca devemos desistir e sinceramente se não arranjar emprego cá depois de terminar os estudos garanto que ponho a hipótese de emigrar!! Que tudo te corra pelo melhor, enquanto puderes aguentar.. :))

Lolita disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Conto de Fadas disse...

Lolita, enquanto der para aguentar as despesas... mas com negócio próprio, os tempos estão complicados... :)

Quel* disse...

Eu também pensava assim, mas a verdade é que é mesmo muito complicado arranjar qualquer coisa.

mundoameuspés disse...

Já perdi o nr. de curriculos entregues e o que mais ouço das empresas é que estão a despedir e não a contratar. Muito mau...Não está fácil mesmo.
Boa sorte!

Conto de Fadas disse...

É que não mesmo, eu sou realista e digo-lhe "Mas quem raio vai contratar em Janeiro ou Fevereiro, que mal se consegue pagar contas?"

Conto de Fadas disse...

É que não mesmo, eu sou realista e digo-lhe "Mas quem raio vai contratar em Janeiro ou Fevereiro, que mal se consegue pagar contas?"

GATA disse...

Hoje em dia quem tem trabalho é um privilegiado!

Se não se fomenta o emprego, se querem acabar com os subsídios, as pessoas vão viver como??? Este é, provavelmente, o governo mais autista do período pós 25 de Abril!