quarta-feira, 11 de agosto de 2010

Os bombeiros.


Continuo a ficar com pele de galinha de cada vez que vejo as notícias na televisão dos incêndios no nosso país. E continuo a ficar impressionada quando vejo os bombeiros, grande parte deles voluntários, a arriscarem as suas vidas para salvarem as casas, os bens e as vidas dos outros.
Não consigo ficar indiferente quando sei que, mais uma vez, morreu uma pessoa. Uma mulher. Voluntária. 21 anos, tal como eu.
Maldito seja quem, por interesses obscuros ou simplesmente maldade, incendeia os montes. Se fosse eu que mandasse, essa gente levava a prisão perpétua! Não se pode ficar imune quando se matou gente, quando se destruiu tanta coisa...

Bem haja a todos os bombeiros! É preciso tê-los muito no sítio para se atirarem ao fogo, no meio do calor, do fumo, do cansaço.

3 comentários:

dinona disse...

Eu até fico com lágrimas nos olhos.
Pobres bombeiros a trabalharem noite e dia sem descansado e só a comerem o que o povo lhes dá... é muito triste!

Cabrões dos pirómanos que pegam fogo às florestas.

Ana disse...

O que a mim me mete mesmo nojo é ouvir as pessoas a dizer que eles não trabalharam direito, que demoraram muito... Esta gente deve pensar que há muitos acessos para o cu do judas, no cimo das montanhas, ou em aldeias tão isoladas como o Soajo! Enfim.

Puzz disse...

Autenticas visões do inferno... no Soajo, estive lá nos últimos 3 dias, e o objectivo era "apenas" salvar as casas!

bombeiros, gips, canarinhos, exercito...estão todos vencidos pelo cansaço. é muito complicado combater incêndios mais de 12 horas por dia e já é assim desde o dia 24 de julho!