quinta-feira, 28 de outubro de 2010

Quero ir viver com o Caixote. Sair de casa, arranjar um canto só nosso e da cadela Rosinha, onde temos as nossas coisas, a nossa cama, onde não temos de dormir apertados numa cama de solteiro (a minha), onde fazemos os nossos horários e estamos à vontade, onde haja um terraço grande para ela brincar e estar feliz. Para estarmos todos felizes, ainda mais do que agora.

Mas para isso tenho de ter um emprego, e já não sei se concorro mais para aqui - Viana, ou começo a concorrer para a terra dele - Vila do Conde. Estou naquela fase onde não vejo as coisas a realizar-se e estou a ficar impaciente.

Hoje uma amiga minha, que namora há 3 meses, já arranjou uma casa com o namorado e vão viver juntos. Mas pronto, ela é rica e ele é médico, não têm preocupações financeiras. Nós já temos mais dois anos de namoro em cima e ainda nada. AhAhAh Mas pronto, assim vai saber melhor ainda, e é menos precipitado...

5 comentários:

Fresco_e_Fofo disse...

Pois é, quem tem pais ricos não precisa de ir ao BES.
Espera lá... mas tu namoras com um Caixote? Eheheh

Bjs.

Rafeiro Perfumado disse...

Eu só juntei os trapinhos quando fiquei efectivo e a minha jove também, foi da maneira como sabíamos que a base era segura.

Beijoca!

Ana disse...

Namoro, se eu sou uma Caixa, é a mesma raça. lol :)

Fresco_e_Fofo disse...

Não tinha percebido a subtileza loool.

Ana disse...

:)