quinta-feira, 31 de maio de 2012

O patrão não está!

O meu Caixote andou ontem toda a manhã nas redondezas da nossa casa a ver se encontra emprego. Foi a cafés, foi a lojas, foi a tudo quanto encontrou... a maioria das respostas foi "Ai não posso receber sequer o curriculum ou assinar a folha do desemprego porque o patrão não está...". "Não está? E quando volta?" - perguntava ele. Respondiam "Ah não sei, ele é raro vir cá...".

É triste ver que é esta a atitude das pessoas quanto ao desemprego dos outros. Sei de casos em que até cobram 10€ para assinar a folha de desemprego, pelo menos é o que me contam as pessoas que vêm cá entregar curriculum.
Quanto vêm à minha loja pedir para assinar folhas de outras pessoas e se nota que não querem trabalhar, recuso, não vou contribuir para a acomodação dos preguiçosos e parasitas da sociedade; mas já houve quem me viesse mesmo pedir emprego e me trouxesse curriculum e eu tenho os seus curriculuns aqui guardados numa capa para o caso de um dia precisar, a esses assinei a folha com gosto. Tem de haver respeito as pessoas que estão à procura de emprego, aquelas que estão efectivamente a tentar trabalhar.

Isto, esta atitude merdosa de "o patrão não está, não sei quando volta e ele nunca vem cá" é nojenta, porque deus queira que nunca provem o seu próprio veneno.

Hoje veio deixar-me à loja e há horas que anda à procura. Já me ligou a dizer que já recebeu mais uns "o patrão não está". Pegou no carro e foi procurar a uns kms... e sábado vai para bem mais longe ter uma conversa com o dono de um sítio onde já trabalhou.

Vamos ver.

10 comentários:

GATA disse...

REALMENTE!!!

Como eu entendo a tua frase "Deus queira que nunca provem o seu próprio veneno"... Eu já estive desempregada (nem me quero lembrar!) e uma vez, estava tão farta, que disse ao estúpido do funcionário do Centro de Emprego - "espero que os seus filhos passem pelo mesmo para o senhor saber o que custa!" e virei costas!

BOA SORTE PARA O CAIXOTE!!!

Conto de Fadas disse...

Ai Gata, Gata... é mesmo isso sabes, as pessoas não sabem calçar os sapatos dos outros.

Devaneios de Uma Loira disse...

Depende..eu por exemplo tenho ordens expressas para não colocar o carimbo da empresa em nada..só os meus patrões podem fazê-lo..por isso recebo os currículos com gosto mas quanto à assinatura peço para passarem cá no horário que os meus patrões costumam estar..Ou seja..não é falta de vontade mas sim seguir regras (no meu caso claro).

Bjinhos

Conto de Fadas disse...

Sim Devaneios, agora gostava de perguntar ao patrão qual o motivo... não prejudica em nada receber um curriculum e, tanto quanto eu saiba, quando alguém procura trabalho e nos deixa o CV, devemos assinar. :) Eu aqui assino e em todas as empresas onde trabalhei sempre assinamos tudo, caso as pessoas viessem mesmo tentar trabalhar... mas claro, depende da vontade o patrão, se os funcionários não têm autorização, não o fazem. Agora estes não são esses casos, é mesmo má vontade.

Rita disse...

Empatia, é isso que falta a muita gente. Não conseguem colocar-se no lugar do outro :(

S** disse...

Já em tempos comentei aqui um post com um tema semelhante... salvo erro quando foi à loja uma senhora pedir para carimbar a folhinha do irmão ou marido... casos desses em que também eu, quando trabalha precisamente numa empresa de recursos humanos, me recusava assinar qualquer declaração de procura de emprego. Hoje comento por causa do que aí escreveu: pediram 10€ para assinar a folha ou emitir uma declaração????? Nem que fosse 1€, além de ser um abuso e uma tremenda falta de vergonha e escrúpulos por parte das entidades que o peça, creio que não é sequer legal. Onde já se viu????? É de loucos! Os candidatos que vinham à empresa onde trabalhei preenchiam o impresso próprio que tínhamos para as candidaturas, deixavam sempre que possível o CV e, quando solicitavam, nós assinávamos e carimbávamos a folha que eles traziam ou, caso não a trouxessem, emitíamos nós mesmos uma declaração tipo em que se descrevia que a empresa xpto com morada xyz e nr de identificação fical 1234, declarava para os devidos efeitos que o SR/Srª fulano de tal, com BI nr 1234567 esteve nas nossas instalações da data jj/jj/jj a candidatar-se para vaga de emprego x.

Imprimíamos a declaração em papel timbrado da empresa, carimbávamos e nunca levamos nem um cêntimo por isso. Era só o que faltava.

Este país é vergonhoso!
Estou desempregada há muito tempo, parei algumas vezes para situações esporádicas que surgiram e que aproveitei, mas precisamente para não me confrontar com coisas destas, nunca pedi uma única declaração nas vezes em que entrego candidatura pessoalmente. Para efeitosd de IEFP só temos de apresentar umas 4 provas/mês e para isso eu tenho registados TODOS os emails que enviei de candidatura, espontânea ou não, e que são às dezenas por mês, por isso provas para o IEFP não me faltam. ;)

Boa sorte para o teu namorado :) sei bem como é desesperante essa situação...

Ela é Bela disse...

Pouco mais tenho a dizer que :"o desemprego é uma m***rd@!
Muita sorte para esta fase

Cláudia disse...

Gente merdosa que, se for possível anda a enganar o estado até não poder mais, mas depois não faz um simples gesto para estender a mão ao próximo.

Cláudia disse...

Gente merdosa que, se for possível anda a enganar o estado até não poder mais, mas depois não faz um simples gesto para estender a mão ao próximo.

Melminho disse...

10€ por uma assinatura !!!!! É triste saber que há gente que se aproveita dos desempregados!!! Abutres!!!