terça-feira, 7 de fevereiro de 2012

A Margarida


O meu gato Rambo é uma peste, muito selvagem e não gosta de pessoas. Por isso na terça-feira passada foi à faca e ficou sem os berlindes, a veterinária disse que se ele não acalmasse assim já não acalmava com nada... e depois eu perguntei-lhe se não seria bom termos outro gato, porque temos a cadela mas um gato seria diferente, far-lhe-ia companhia. Ela disse que sim, uma gatinha, e prontamente propôs "Eu até tenho lá dentro uma, muito meiguinha, que encontramos aqui na rua a sangrar, foi atacada por um cão...". Mais rapidamente ainda eu respondi que ficava com ela, sem a ver nem nada.
Ontem o Caixote foi buscá-la de manhã e trouxe-a à loja para eu a ver. Apresento-vos a Margarida, ou Guidinha para os amigos. :-)
É linda, meiguinha, bate no meu gato e na minha cadela se a chateiam, sabe defender-se a ainda se nota que está muito tensa, pois foge um bocado de nós... esta noite dormiu connosco, quero que se habitue a nós e ao nosso cheiro e nos veja como os seus papás humanos. :-)

Menos um animal de rua.

14 comentários:

Cláudia disse...

Tu tens um zoo em casa! :)

Mas é muito bonita.

Caixa disse...

Cláudia, tenho... e a casa está sempre cheia de pêlo, desarrumada e eles dão tanto trabalho... mas tu agora com a tua Pipa vais-me entender!!!

Sílvia disse...

:) Como já disse é linda e um grande grande grande beijinho pelo teu acto :)
É verdade, é impossível ter uma casa limpa com tantos bichos, mas que se lixe, cá em casa é igual, nunca nada está no sítio. Ainda hoje à hora de almoço, a gata decidiu saltar pra cima do balcão da cozinha, ia cair, agarrou-se a um pano e lá foi mais uma terrina junta com ela :)

Rita disse...

Que gesto tão bonito.

Tu e o teu caixote só podem ser muito felizes, no meio de tanto bicho :)

Conto de Fadas disse...

Silvia, isso é o pão nosso de cada dia para quem tem animais dentro de casa... a minha cadela é a comer tupperwares, tigelas, vasos... os gatos dão cabo das colchas, sofás... e mesmo assim nós adoramos aquelas pestes! :)

Rita, com certeza. :) Eu acredito que um casal só deve ter animais juntos quando é sólido. Quase como num filho, porque afinal os animais acabam por nos ver como pais. **

GATA disse...

LINDAS!!! a gata e tu, com esse lindo coração! BEM-HAJA!!! Turrinhas para ambas!

gatosapatos disse...

Se soubesse que tiveste uma gatinha na loja, dava aí a um salto só para fazer umas festinhas :)

http://gatosapatos.blogspot.com

AnaLua disse...

é mesmo linda :)
e saiu-lhe a sorte grande :)
beijocas

Ana Domingos disse...

Olá, dediquei-te um selo no meu blog. Beijinho

Confuskos disse...

-E o cheiro?

-Ela que se habitue!! :P :P

É mesmo gira a felina!! Tenho uma amiga minha que me quer oferecer uma o que é impossível pois moro a 18 km do trabalho e por vezes estou ás 12 horas sem lá pôr os pés, fora as viagens, etc, etc...

Mas se um dia me mudar para santo Tirso sou menino para adotar uma que encontre por aí!

Beijinho*

Conto de Fadas disse...

Confuskos, os gatos têm a diferença em relação aos cães de poderem estar muito tempo sozinhos... os meus adoram a nossa companhia mas desde que tenham comida, areia e brinquedos e caminha, está tudo bem! A cadela não... :)

Gatosapatos, esteve pouco tempo e foi logo para casa. :) Mas é um amorzinho, tão magrinha tadinha...

GATA, quem lida com animais fica com um coração muito melhor, não haja dúvida. :) Turrinhas!

AnaLua, podes estar certa... os meus animais são mimadíssimos!

Ana, já vou espreitar, obrigada! :)

Miss Crises disse...

Eu também queria ter mais animais em casa, mas já tenho uma gatinha e a minha mãe não quer mais animais cá em casa :/

tiago leal disse...

Não sei porquê mas não gosto de gatos... Eu tento, mas não consigo!...

www.viagensnomeucaderno.blogspot.com

Conto de Fadas disse...

Tiago, não sabes o que é bom! :-) Eu também sou muito por cães, mas os gatos são uns espertos!