quarta-feira, 6 de abril de 2011

Pagar por trabalhares? Que absurdo!

Pois é, como o sítio onde provavelmente onde ficaram de me dar estágio profissional não ata nem desata (ficaram de me dizer alguma coisa hoje ou amanhã, mas eu agora só acredito quando vir...), resolvi hoje ir a outro cartório.
Achei curioso porque o notário foi super simpático comigo, disse que o meu curriculum era óptimo, foi mesmo amoroso e tratou-me com muito respeito (coisa que pouco acontece) e sem se armar aos cágados.
Mas depois seguiu-se este diálogo:

- Mas este estágio não tem qualquer encargo para o cartório, pois não?
- Tem, claro. O estágio que pretendo não é curricular, não preciso dele para acabar o meu curso, ele já está mais que terminado. E como é um estágio profissional, é pago. A sua parte seria muito pequena (à volta de 150 euros), mas teria encargos sim.
- Ah mas então não! Nos tempos que correm não dá, não posso pagar... Se fosse gratuito era uma coisa, a pagar então não dá. Deixe-me o seu contacto na mesma porque nunca se sabe as voltas que isto pode dar, mas para já não.

E eu fiquei parva, porque de facto os patronos só querem meter ao bolso. Quer dizer, estou a oferecer trabalho especializado por mais ou menos CENTO E CINQUENTA EUROS POR MÊS, e mesmo assim não querem. Tem graça... é que sabe, eu só sou licenciada em Direito, só tenho um curso de formação contínua em registos e notariado, só fui admitida no exame da Ordem dos Notários... se calhar os 150 euros são muito, um abuso quase...

Olha, nem que estivesse a vender cuecas no shopping, até aí ganhava 4 vezes mais! E eu falo porque sei.

6 comentários:

dinona disse...

A sério... eu acho que isso é gozar com as pessoas.

"A desculpa, eu gostava mas era de te explorar à borla, agora a pagar não me parece"

Isto não foi nada comigo, mas tou com umas ganas pelas atitudes de certas pessoas que nem te conto!

Ana disse...

Imagina eu! lol

Fresco_e_Fofo disse...

Assim vamos continuar a ser um país de merda. Um país onde não se valoriza o trabalho, não pode ter grandes ambições de vir a ter bons profissionais.
Será que esse filho de p#&$ nunca foi estagiário?
Vai "vender cuecas", vai. Pode não ser um grande trabalho, mas ao menos não estás a sustentar chulos.

*S* disse...

É o mundo em que estamos!! Posso dizer-te que tenho uma amiga minha (com licenciatura e mestrado) que está a trabalhar em Setúbal num ginásio e recebe menos que a empregada de limpeza!

Ana disse...

Oh Fofo, e não me cai nada ao chão, ainda hoje fui deixar uns curriculuns no shopping! Agora exploração não permito. :-/

Miss Crises disse...

Devias era lhe ter dado uma bela de uma resposta...