quinta-feira, 19 de janeiro de 2012

Das pessoas sem noção

Eu sou uma pessoa super organizada. Todos os dias troco dezenas de mensagens por causa das vendas da loja na internet, recebo imensos emails, organizo as compras efectivadas numa pasta, os comprovativos noutra, vendas pendentes noutra, dúvidas noutra, tudo muito organizado. Nunca houve uma troca, um engano, seguiu sempre tudo no dia em que tinha de seguir.
Havia uma senhora que no dia em que fui ao Goucha me mandou um email a dizer que queria que reservasse 11 coisas (e peças mais caras), respondi logo. Dali a 5 dias não me tinha respondido ao email. Mandei-lhe outro a dizer que deduzia que já não tivesse intenção de adquirir e que ia tirar as peças de reserva. Respondeu a dizer que já não queria nada daquilo, só queria três caixinhas de música. E eu tudo bem, apontei e anotei tudo.
Hoje ela ia fazer o pagamento desse valor. E uma senhora veio comprar a peça mesma peça. Pensando-se que havia mais, foi vendida. Só depois se viu que era única.
Enviei-lhe logo um email a lamentar a situação, a explicar tudo e a dizer que, pronto, se quiser escolher outra está à vontade, mas que daqui a uns dias a peça já chega e pode comprar. Lamentei de novo, disse que a culpa foi minha mas que erros acontecem, foi mesmo por se pensar que havia mais.

Responde assim "Só tenho a dizer que é uma falta de respeito pelos clientes e uma falta de organização!"

Olha, enervou-me. É que as pessoas acham que podem falar como querem porque "Ah, ela quer é vender, vai ouvir e calar!". Disse-lhe logo que, como proprietária, queria manifestar o meu desagrado por aquela maneira de falar com uma pessoa, que foi um erro, nunca antes cometido, que recebo dezenas de mensagens e emails por dia (uns com continuidade para compra, outros nem por isso, outros como ela que só respondem dali a uma semana - esta parte não disse), sou super organizada e foi uma falha, que não é falta de respeito nenhuma e que ficava ao critério dela querer adquirir as outras caixas ou não.

Ora toma lá... é que eu vou mesmo aturar disto! Errar toda a gente erra, e até parece que não tem mais um monte de caixas do género para comprar! E falta de respeito? WTF?!

6 comentários:

Cláudia disse...

há clientes que não interessam a nenhum tipo de estabelecimento, essa é uma delas.

Rita disse...

A minha mãe tem um negocio próprio (catering) e eu cresci a ajudar e de vez em quando éramos brindadas com pérolas dessas. Por ex. uma vez uma cliente queria uma entrega para as 22 horas do dia 24 de Dezembro. A minha explicou que nesse dia teria que entregar as encomendas até as 19 horas, uma vez que queria passar o Natal com a família e não a trabalhar. A resposta foi: a senhora deve estar rica! A minha mãe até ficou chocada com a resposta e ainda hoje (muitos anos depois) falamos nisto!

Conto de Fadas disse...

Eu bem sei que temos de ter paciência, mas eu não tolero que me falem torto nem aqui nem na China, mesmo que não venda o raio dos 50 euros que lhe ia vender. Quero lá saber, não tenho de aturar disto... está uma pessoa aqui a ser simpática, fazer descontos, enviar as coisas a correr, embrulhar tudo com lacinhos e laçarotes e fitinhas e rebuçadinhos, a responder aos emails em minutos, e leva com merdas destas porque - sem querer e sem maldade - vendeu uma peça que pensou ter mais. Olha que porra, ela prá semana já cá está de novo... e ela também não se importou de pedir para guardar montes de peças e afinal não querer levar nada!

Lolita disse...

Foi muito bem respondido, as pessoas acham-se mesmo no direito de dizer aquilo que querem sem pensar que também elas se podem enganar. Aliás, se estava tão interessada tinha comprado logo que já não havia problema!

Conto de Fadas disse...

Pois não havia... enrolou-me até terça com as outras coisas e agora andava a enrolar-me. Malcriada mesmo.

GATA disse...

De 11 passa para 3...

Eu também queria comprar os globos todos dos gatos, mas como não sou rica, comprei apenas um (que no FDS foi, mais uma vez, elogiado!).