quarta-feira, 2 de novembro de 2011

Tem de ser...

Está oficialmente decidido que vou abandonar o mestrado. Hoje já liguei para a faculdade e já enviei mail com o meu requerimento de suspensão de matrícula por um ano. Agora é aguardar que seja deferido e fazer o pagamento (chulice!) da segunda prestação de propinas, que até para isso tem de se pagar.
Na verdade, sinto-me aliviada. Estou com demasiadas despesas e, para já, pouco retorno, pelo que era incomportável aguentar mais aquela tremenda despesa mensal.

Para ter coisas mais baratinhas na loja, agora eu e a mãe Caixota estamo-nos a dedicar ao artesanato e a pintar à mão caixas em madeira. Depois mostro-vos, espero que gostem!

Tem de ser. E o "que tem de ser" tem muita força. Esse filho da mãe.

8 comentários:

NI disse...

Já tive que fazer uma opção semelhante e se na altura fiquei frustrada, hoje tenho consciência que foi a melhor opção.

O importante é não desistires definitivamente se for isso mesmo que tu desejas.

Beijo

Ana Sá disse...

:) É isso NI, por isso mesmo vou fazer este sacrificio!

GATA disse...

Eu fiz o mesmo há cerca de 3 anos, não foi por falta de dinheiro, foi por falta de tempo. Mas quando me reformar - ou se entretanto ganhar o euromilhões - volto a estudar e faço o mestrado e o doutoramento de uma vez por todas! :-)

Ana Sá disse...

Acho que sim GAT, sobretudo por realização pessoal!

Miss Crises disse...

O importante é não desistir, e se quiseres mesmo tirar o mestrado, será quando puderes.

Turista disse...

Querida caixa, tomaste a decisão mais acertada, neste momento, tenho a certeza. Não fiques com sentimento de culpa. :)

Caixa disse...

Sinto-me mais tranquila, e não há nada que pague isso... :)

Cláudia disse...

Acho que fizeste mesmo o mais acertado, neste momento dispersar é o pior que podes fazer. vais ver que voltas lá brevemente e já com outra disposição.