sábado, 31 de dezembro de 2011

Dos porcos (sem ofensa aos de 4 patas)

Há um ano trabalhei numa loja durante uns tempos. Uma das colegas, com quem me dei muito bem, casou nesse ano. O marido dela ia muitas vezes lá à loja. Quando saí dessa loja (foi trabalho só de um mês), o marido adicionou-me no facebook. Até aí tudo bem, normal. Depois começou a meter conversa comigo lá - e claro que eu não sou estúpida e sei o que é que ele queria -, mas a conversa foi normal tipo "tudo bem? O trabalho vai bem?" e coisas do género. Sei que, de uma segunda vez que meteu conversa comigo no chat do facebook, me perguntou se eu tinha namorado e eu disse que sim e disse que ia trabalhar e fugi. Nunca mais me abordou.

Esta semana essa colega veio à minha loja comprar umas coisas, em dois dias seguidos. Ele veio com ela, e eu tudo na boa, e ele também, nem nos falamos porque afinal eu não o conheço de lado nenhum. Agora o porco, agora mesmo, veio ao facebook perguntar-me se estava tudo bem desde ontem, como é que ia a vida, como estava o trabalho. E eu vi - de novo - o que é que ele queria e disse que tinha de ir trabalhar. Ele despediu-se e disse "acho-te muito linda". Eu agradeci e disse que tinha mesmo de sair. Ele mandou meia dúzia de mensagens sem resposta e disse "Se calhar não devia ter dito isto. Linda". Eu disse-lhe que pois, não devia. Ele respondeu "E já agora porquê" e eu respondi "Porque se fosse o meu marido, ai dele que dissesse isso a alguém". E lá respondeu ele a dizer que era linda à mesma e eu disse "Tá bem, vou trabalhar, feliz 2012 para vocês os dois!" e pirei-me, deixei-o a falar no chat sozinho.

Se há coisa que me repugna é isto. Homens porcos, gente porca. Casou no ano passado e já está com estas coisas... comigo e imagino com quantas... e ela, parvinha e a rir ao lado dele, nem sabe nem sonha. Se fosse minha amiga e tivesse confiança com ela para isso, juro que lhe mostrava. Mas como não, limito-me a engolir o sapo.

Mas o que ele merecia era mesmo isso. Pior do que trair, é andar à caça para trair.

6 comentários:

ML disse...

Acredita que são "gajos" assim que me fazem desacreditar em tudo. Que nojo de gajo!

Ana Sá disse...

Podes crer ML...

Petra disse...

E há tantos assim mulher, tristes frustradecos que nunca sabem o que querem e elas coitadas lá continuam a achar que ali têm uma bela relíquia de maridos. beijo e bom ano para ti, e claro boa sorte na tua loja!

Cláudia disse...

infelizmente há muitos destes...
Pessoas sem carácter.

Ana Sá disse...

Petra, obrigada pelo apoio! :)

GATA disse...

NOJO!