terça-feira, 1 de março de 2011

Ai minha rica unha!

A entrevista de hoje de manhã correu mais ou menos. É para trabalhar numa loja e claro que não é o que quero fazer para sempre, mas ao menos as condições até era boas, teria duas folgas e pagavam mais ou menos bem. Só que não acredito que vá ser seleccionada pois a entrevistadora pareceu-me muito reticente por causa de eu ser licenciada. Sim, porque naquele curriculum pus que era licenciada pois eu concorri a responsável de loja, apesar de agora me terem chamado para vendedora mesmo.
Enfim, a dada altura eu mexi nas unhas (pintadinhas de vermelho e lindas, como manda a sapatilha) e ela diz-me Pois, sabe que neste género de trabalho é capaz de não conseguir andar com as unhas assim bonitas, e é capaz de partir umas de vez em quando. Eu fiquei chocadíssima a olhar para aquele preconceito estúpido só por ser licenciada e respondi Claro que sim, mas sabe, eu já trabalhei, entre outras, no Gato Preto e na Rendinhas D'Avó. Carregava com móveis e muito peso, já estou habituada a dar cabo das unhas a trabalhar. Não me aflige.

Enfim... Somos presos por ter cão e presos por não ter.

9 comentários:

Fi disse...

Para à proxima é ires tipo cigana e pode ser que te corra melhor, está mesmo tudo louco...

Propus-te um desafio no meu blog espero que participes*

http://loveifyoudare.blogspot.com/

dinona disse...

Á próxima vai tipo toda porca e de unhas roídas, pode ser que funcione!

Ana disse...

AhAhAh Pode ser que siga os vossos conselhos na entrevista que tenho na quinta!

Fi disse...

Ana obrigada, és uma querida. Por acaso presumi que aquilo não fosse muito o teu estilo mas decidi tentar pois gosto de conhecer melhor as minhas bloggers favoritas.
beijinhos da fi*

Manuela disse...

Querida Ana, espero que consigas, este emprego, visto as condições serem agradáveis :)
Beijinhos.

Fresco_e_Fofo disse...

Arranhavas a tromba à gaja e viravas as costas eheheh.

Ana disse...

É isso Manuela, eu espero até ao final desta semana já ter uma resposta concreta dos três sítios onde tenho hipótese. Preferia o outro trabalho porque é num escritório e faz mais o meu gosto, mas se o homem não se decidir vou mesmo para uma loja, o que eu preciso é de trabalhar!

Lolita disse...

Oh sinceramente, a mulher é parva não?? Sinceramente..

Ana disse...

Devia ser, mas seleccionou-me e o resto é treta... lol