sexta-feira, 18 de março de 2011

Não se diz.

Não se diz a uma pessoa que vai fazer uma intervenção para começar um tratamento complicado de uma doença complicada que essa intervenção é só para lhe dar mais uns meses de vida. Não se diz, simplesmente.
Infelizmente, tal como em todas as outras profissões, no meio dos médicos também há muito maus profissionais, e sobretudo há pessoas com má formação e falta de sensibilidade. É assim que se arruína uma pessoa e se lhe tira qualquer motivação.

Enfim.

4 comentários:

Phil disse...

Infelizmente há maus profissionais em todo o lado que acabam por rotular as profissões com ideias más :( adorei o teu blog, vou visitar mais vezes :)

L* disse...

É lamentável haver tão maus profissionais numa área como é a área da saúde, que lidam diariamente com situações tão delicadas como essa...lamentável mesmo!

Dark angel disse...

Hoje em dia, os profissionais de saúde são treinados para serem directos e frontais com as pessoas, até nos problemas mais graves. O errado disto é que muitos deles não têm o cuidado que é preciso nas palavras que usam, ao usar esta frontalidade...porque afinal estão a falar do maior bem que temos: a vida.

Bom fim-de-semana*

Ana disse...

Pois eu sou a favor da frontalidade mas não da crueldade e falta de sensibilidade, porque não se fala assim com as pessoas. :-/